O que você precisa saber para criar a sua joia personalizada? - Kahla

O que você precisa saber para criar a sua joia personalizada?

Carregar nossos símbolos favoritos conosco nos dá força e nos faz sentir mais próximos das pessoas que amamos e das memórias mais bonitas que cultivamos. Aqui, tudo o que a sua imaginação criar é válido, desde joias clássicas e delicadas até símbolos poderosos com pedras naturais coloridas. Símbolos de amor, amizade, família e proteção que carregam um poder principal: o de fazer você se sentir especial!

Sabemos que criar uma joia personalizada única pode ser um pouco mais complicado e desafiador do que escolher alguma peça pré-desenhada, por isso separamos algumas dicas para auxiliar você em como criar uma joia para si ou para presentear alguém querido. Lembre-se: quantos mais detalhes você pensar, melhor!

1. Qual é o seu acessório preferido?

A primeira coisa que você deve considerar é qual o tipo de acessório que você prefere usar, como é o seu guarda-roupas e que tipo de estilo de vida você leva. Anéis, pingentes, colares, pulseiras, escapulários… Todas opções são válidas, por isso procure reparar quais são os seus acessórios usados mais frequentemente e quais são aqueles que mais aparecem na sua caixa de joias. Leve em consideração também o seu conforto.

2. Qual mensagem você quer passar?

Seja a mensagem da sua joia pessoal ou não, símbolos e formatos contam histórias e possuem energia, por isso é essencial ter em mente o que você deseja passar e também absorver com a peça. Se você não tem certeza do formato que deseja, que tal fazer o caminho inverso e pensar primeiro nos significados? Diferentes culturas e religiões atribuem diferentes energias às formas e palavras. Além disso, você pode criar suas próprias formas ou fazer uma composição bacana juntando mais de um formato! Durante esse processo tenha em mente conceitos como simetria e assimetria, balanço e equilíbrio.

3. Qual estilo mais combina com você?

Tradicional ou descolado? Delicado ou robusto? Chamativo ou discreto? Pensar no tamanho e nas proporções da sua peça é tão importante quanto decidir o formato da mesma. Isso porque uma simples alteração na grossura, tamanho ou comprimento da peça, por exemplo, pode mudar completamente o estilo dela e de quem a usa.

4. Quais os seus materiais desejados?

Nesta etapa você deve se perguntar se deseja uma joia com pedras preciosas ou lisa. Escolha a base da sua peça em prata, ouro rosé, amarelo ou branco… ou com mais de um material? Se desejar incluir cristais, procure saber seus significados e como podem ser trabalhados em conjunto com o formato e estilo da sua criação. Caso precise de uma indicação de cristal para um objetivo, nós com certeza conseguimos te ajudar!

5. Quais as suas referências?

Por fim, tenha referências em mente. Não existe problema algum em se inspirar em peças que já existem, na verdade fazer este exercício não apenas ajuda a despertar uma maior imaginação em você, como também ajudará a trazer à vida uma peça mais fiel àquilo que se passou pela sua cabeça.

Agora que você já tem uma imagem da sua joia e respondeu as perguntas acima, entre em contato conosco e juntos criaremos uma peça mais do que original!

Voltar para o blog

Deixe um comentário

Os comentários precisam ser aprovados antes da publicação.