Afinal, o que é Ouro 18K e Prata 925? - Kahla

Afinal, o que é Ouro 18K e Prata 925?

Tem Ouro 18, tem ouro 14, tem ouro baixo, tem prata 925, tem prata 800, tem prata de lei... afinal ouro não é ouro e prata não é prata? O que significam esses números? 

Na verdade, tanto o ouro quanto a prata são metais que, quando puros, são relativamente moles e fáceis de amassar. Para joias, o ouro e a prata puros não resistiriam ao uso diário sem entortar, marcar. Por esse motivo usa-se o metal nobre com uma mistura, que chamamos de liga. 

Colar Borboletas | Ouro 18k e Morganita
Colar Borboletas | Ouro 18k e Morganita

Com referência ao Ouro, o termo quilate indica, portanto, o nível de pureza do metal. (Usa-se a abreviação k,  mas não devemos confundir com ct que em português também é traduzido por quilate)

Por exemplo, o ouro 24 k é o ouro puro, como é extraido da natureza, ou seja, 24 de 24 partes são ouro. Ele também é chamado de ouro mil (1000).

Pingente Lua Crescente com Turmalina Paraíba | Ouro 18k
Pingente Lua Crescente com Turmalina Paraíba | Ouro 18k

O ouro 18k, por sua vez, é composto por 18 partes de ouro e 6 partes de outros metais (= 75% de ouro e 25% de outros metais) e o 14k é composto por cerca de 58% de ouro e 42% de outros metais. Assim, quanto mais baixa a quilatagem, menor é a quantidade de ouro que compõe a liga. E como o ouro é o metal de maior valor, quanto mais “baixo” o ouro, mais barata a peça porque tem menos ouro.

No Brasil o padrão adotado para joias é o do Ouro 18k. Mas isso varia em algumas regiões: é comum encontrar joias de ouro 22 em alguns países do Oriente (onde muitas peças são estampadas a mão, então usam um ouro mais macio). Já nos Estados Unidos, boa parte das joias vendidas nas joalherias é de ouro 14k.

E quanto à prata? Por que chamamos de Prata 925 ou Prata de Lei? 

A prata adota uma outra medida de pureza. Isso começou no século XV quando o Rei de Portugal, Dom Afonso II criou uma lei que punia severamente quem alterasse o teor da mistura da prata, já que esta era usada para moedas, como elemento de troca e uma alteração significava uma “fraude”.

Surgiu assim a Prata de Lei, que nada mais era que a medida que a lei determinava, no caso, a prata deveria ter pelo menos 80% de pureza (ou seja, 80% de Prata e 20% de outro metal ou liga), também chamada de prata 800.

Aos poucos as leis foram mudando e hoje no Brasil são consideradas Prata de Lei as de teor 950 ou 925. Isso significa que as duas tem ótima qualidade, alta durabilidade e brilho, sendo metais nobres com a mesma qualidade do ouro. 

Na joalheria a opção pela prata 925, ou seja, com 92,5% de prata pura e 7,5% de outro metal ou liga, se dá por uma questão estratégica já que a prata 925 tende a manchar e escurecer um pouquinho menos com o uso do que a 950.

Gostou? Sabe a diferença entre quilate (k) e quilate(ct)? Então fique atento que lá vamos nós.....

Voltar para o blog

Deixe um comentário

Os comentários precisam ser aprovados antes da publicação.